Uma virtualização revolucionária

Corte a terceirização

O que a maioria dos métodos de virtualização de servidores implicam inclui um elemento interposto cujo objetivo consiste em intervir entre a máquina guest e a máquina anfitriã, que toma conta dos recursos. A caraterística mais valiosa de um Servidor Privado Virtual KVM é que o modelo do KVM é integrado no núcleo da máquina física, ou seja, não é preciso instalar outros programas de software- a máquina de convidado fala diretamente com o servidor host. O que eventualmente significa um nível de overhead reduzido a mínimo e um desempenho muito mais rápido.
Uma virtualização revolucionária

Acesso rápido aos recursos do servidor reservado

Aproveitamento dos recursos de servidor dedicado exclusivamente para você

A moderna tecnologia virtualizadora dedicada à criação de Servidores Privados Virtuais KVM faz possível a utilização otimizada dos recursos de servidor que há. A tecnologia KVM é preparada diretamente no sistema operacional do host físico e faz possível que as máquinas virtuais se comuniquem diretamente com o hardware do servidor, sem a necessidade de usar uma camada de virtualização com todas as solicitações. A redução da comunicação redundante resulta em uma performance muito mais célere do VPS.
Acesso rápido aos recursos do servidor reservado

Pleno controle no que se refere ao SO

Autonomia completa para pôr o SO que tiver escolhido

Uma das principais limitações dos Servidores VPS, se comparados com os servidores dedicados costuma ser o sistema operacional em si – normalmente você está limitado às escolhas de SO oferecidas pelo seu provedor. Através de um Servidor Privado Virtual KVM, no entanto, é alcançável implementar praticamente qualquer sistema operacional que é compatível com as especificações do seu servidor e do hardware do servidor mestre. Isso é possível graças ao funcionamento sem análogo da virtualização KVM. KVM é um componente indivisível do sistema operacional do servidor host, cujo papel consiste em estabelecer uma conexão não mediada entre as instâncias virtuais e o hardware, eliminando a necessidade de mais um elo de comunicação, utilizado no resto dos métodos de virtualização.
Pleno controle no que se refere ao SO
  • Centro de Dados em EUA
  • Centro de Dados em EUA

    Steadfast, Chicago, IL